Total de visualizações

Coluna Diamante

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
O nome Diamante é por conta do primeiro livro impresso no mundo, o Diamante-Sutra, sem o qual não existiria a impressão como a conhecemos hoje em dia.

sábado, 31 de janeiro de 2015

FARSA: CIENTISTA ATEU NÃO VIU ANJO NENHUM

FARSA: CIENTISTA ATEU NÃO VIU ANJO NENHUM

Notícia falsa de que ateu viu anjos se espalha na rede social
POR: Gilmar Henriques Lopes do E-Farsas

Será verdade que o astronauta Mark Kelly afirmou ter visto anjos em uma de suas viagens ao espaço, mas a NASA está tentando esconder essas informações?

A noticia apareceu na segunda quinzena de janeiro de 2015 e conta o curioso testemunho do cientista da estação espacial, Mark Kelly, que garante ter visto anjos no espaço, enquanto trabalhava ao lado de fora na manutenção de um satélite da NASA.

De acordo com a manchete, o astronauta afirmou em 05 de Junho de 2008 que ele teria visto oito seres brancos que viajavam pelo espaço em direção a Terra.

A reportagem ainda afirma que a NASA teria cortado o acesso do cientista ao Twitter, além confiscar a câmera de Mark Kelly, com o intuito de encobrir o encontro do rapaz (que era ateu até então) com esses seres.

Será que essa notícia é verdadeira ou falsa?
Astronauta Mark Kelly teria visto anjos no espaço! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook)
Astronauta Mark Kelly teria visto anjos no espaço! Será verdade? (foto: Reprodução/Facebook) 

Verdadeiro ou falso?


O assunto fez um certo sucesso nas redes sociais, além de ser publicado em inúmeros blogs e sites. Um cientista e astronauta ateu reconhecer ter visto anjos no espaço? Seria bastante interessante, se fosse verdade!

Acontece que essa história foi inventada.

Aqui no Brasil, um dos primeiros sites de noticia que publicaram essa história foi o Meio Norte, no dia 26 de janeiro de 2015. A matéria cita como fontes o jornal de língua inglêsa The Guardian e o Jornal Estado, mas não posta os links das matérias e, tampouco, diz a data em que as reportagens teriam sido publicadas nesses dois jornais.

Fizemos uma busca nos sites dos referidos jornais e não encontramos nada a respeito do suposto encontro de Mark Kelly com anjos.

Será que a NASA está conseguindo encobrir mesmo essa história toda ou se trata apenas de mais um boato da web? A segunda opção é a mais correta.
O Meio Norte (assim como vários sites que reproduziram a mesma matéria) se basearam em uma postagem feita no blog hospedado gratuitamente no Blogspot chamado Jornal do Estado, que não tem nada a ver com o jornal paulista de mesmo nome.

O Jornal Estado (o blog, não o jornal) cita como fonte uma postagem do dia 25 de dezembro de 2012 feita no site Before Its News. O Before Its News, pra quem não sabe, é uma plataforma de publicações aberta, onde qualquer membro pode se logar e publicar o que bem entenderConforme explica o RationalWiki, esse site de “notícias” é bastante usado por aficionados em teorias da conspirações, que publicam suas histórias lá, sem que sejam necessárias fontes ou provas concretas do que se está postando.

Nesse link há uma relação de vários sites de língua inglesa especializados em espalhar boatos eletrônicos e o Before Its News é um dos primeiros da lista!

Um exemplo disso é a matéria sobre os “anjos vistos pelo astronauta”. Não há nenhuma fonte que valide a história publicada lá, além de muitos fatos desencontrados e contraditórios, escritos ao longo do “artigo”. O mais curioso disso é que a notícia postada no Before Its News não cita, em nenhum momento, o astronauta Mark Kelly!


Mark é Ateu?


De acordo com uma reportagem publicada em fevereiro de 2011, Mark Kelly é um “ex-ateu” que teria encontrado na fé uma possível explicação para sua esposa ter saído viva do massacre de Tucson, em 2011 (claro que essa informação carece de fontes). Gabrielle Giffords, a esposa de Mark Kelly, é uma política da religião judaica e sobreviveu a um tiro na cabeça que levou durante o tiroteio que matou 6 pessoas e feriu outras 19 em Tucson, no Arizona (EUA).

De acordo com o que foi muito bem apontado pelo nosso leitor e amigo Roberto Takata, o astronauta Mark Kelly afirmou em entrevista que sua ida ao espaço não foi uma experiência religiosa!


Conclusão



Mark Kelly nunca disse ter visto anjos no espaço vindo na direção da Terra! O boato foi inventado e publicado em um fórum de notícias sem nenhuma fonte que o comprovasse em 2012. Milhares de sites copiaram a história, que foi se modificando, até vir parar aqui no Brasil.

Fontes:
Read more:

http://www.e-farsas.com/cientista-ateu-viu-anjos-no-espaco-e-nasa-proibe-comentarios.html#ixzz3QRUjmCHZ

http://www.paulopes.com.br/2015/01/noticia-falsa-de-que-ateu-viu-anjos-se-espalha-na-rede.html#.VM1eqZ3F8gM

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

FACEBOOK É RESPONSÁVEL POR UM TERÇO DOS DIVÓRCIOS EM TODO O MUNDO

http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/01/facebook-e-responsavel-por-um-terco-dos.html

"O Facebook tem sido citado como responsável por um terço dos casos de divórcio em todo o mundo. Os dados foram obtidos por meio de pesquisas.

O número de casos envolvendo a rede social como motivo de separação aumenta gradativamente. Isso porque comportamentos considerados inadequados, evidências de infidelidade e relações extraconjugais ficam cada vez mais expostas por meio da rede.

“As mídias sociais fornecem um registro permanente de nossas vidas”, contou Lyn Ayrton, sócio de um escritório de advocacia de Leeds, na Inglaterra. Segundo ele, o compartilhamento de mensagens ou publicações são muitas vezes usados nos processos judiciais.

O Facebook tem sido citado como responsável por um terço dos casos de divórcio em todo o mundo. Os dados foram obtidos por meio de pesquisas.

Especialistas analisaram mais de 200 casos e encontraram o Facebook como responsável por mais de um terço deles.

Eles mencionam que “as pessoas necessitam de uma maior consciência no compartilhamento de informações de si na internet”."
Fonte: 

sábado, 17 de janeiro de 2015

MAIS DE 20 MIL CRIANÇAS ABANDONADAS SÃO PRESAS NAS FILIPINAS

Nas Filipinas, crianças são presas para "papa não ver as ruas sujas"


Por  | Yahoo Notícias – qui, 15 de jan de 2015
Foto: Daily MailFoto: Daily MailMAIS DE 20 MIL CRIANÇAS ABANDONADAS SÃO PRESAS NAS FILIPINAS http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/01/mais-de-20-mil-criancas-abandonadas-sao.html

Nas Filipinas, crianças são presas para "papa não ver as ruas sujas"

Por  | Yahoo Notícias – qui, 15 de jan de 2015

Enquanto o papa Francisco visita as ruas das Filipinas, milhares de crianças sofrem para “deixar os locais mais limpos”. Sem horizonte para resolver o problema dos menores abandonados, o governo local os deixa presos em presídios locais sem qualquer condição básica de sobrevivência. As informações são do Daily Mail.

O tabloide britânico visitou esses presídios ao lado de Father Shay Cullen, vencedor do Nobel, e relatou as condições desumanas às quais são submetidas essas crianças. “Vizinhas” de celas adultas, não raramente elas são estupradas, além de viverem com pouca comida e nenhuma condição de higiene.

Nas Filipinas existem mais de 20 mil crianças nessa situação, espalhadas em ao menos 17 presídios. Por exemplo, essas crianças recebem baldes nos quais devem fazer suas necessidades físicas. Algumas crianças, abandonadas pelos pais, vivem toda sua infância em prisões, sem qualquer noção sobre liberdade, diversão ou condições básicas de vida.

É o caso de Mak-Mak, um garoto de sete anos resgatado de uma prisão por uma instituição liderada por Father Chay. Ao chegar em seu lar adotivo, ele não entendeu que os brinquedos eram para seu uso e diversão.

Segundo instituições locais, a “captura” de crianças aumentou antes da chegada do papa. O vencedor do Nobel, agora, diz orar para que, durante a visita de cinco dias, Francisco fale sobre essas crianças e chame a atenção do mundo.

FARSA: MOÇA POSSUÍDA DURANTE VÍDEO DE MAQUIAGEM


FARSA: 
MOÇA POSSUÍDA DURANTE VÍDEO DE MAQUIAGEM


Vídeo mostra moça tendo um ataque após presenciar algo sobrenatural em seu quarto! Em transe, ela machuca seu próprio rosto. Será verdade?

O filme foi publicado pela primeira vez no YouTube no final de abril de 2014 e mostra uma garota chamada Nikki dando dicas de maquiagem em seu quarto quando, de repente, ela presencia algo estranho na tela de seu computador e entra numa espécie de transe!

Passados alguns segundos, Nikki – ainda em transe – começa a bater com força seu rosto no teclado do computador, ficando com feridas graves na testa, no olho e no nariz.

Moça surta durante vídeo de maquiagem! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/YouTube)
Moça surta durante vídeo de maquiagem! Verdadeiro ou falso? (foto: Reprodução/YouTube)

A garota termina o vídeo com o rosto todo ensanguentado! As cenas são terríveis…

O que será que aconteceu com a moça? O que será que ela viu? Será que o vídeo é real?

Assista ao filme abaixo e veja a seguir o que descobrimos (AVISO: CENAS FORTES!):https://www.youtube.com/watch?v=mhDtB0ViMXI

Verdadeiro ou falso?


Uma busca no YouTube pela origem do vídeo, descobrimos que o primeiro a publicar esse filme foi o canal 15 Experience. Na descrição do clipe, os autores afirmam que o vídeo teria sido enviado para eles de uma pessoa anônima, que eles não tinham a menor ideia de quem seria.
No entanto, ao procurarmos no Google Images, descobrimos que “Nikki” é, na verdade, a atriz Nakia Secrest.

A linda atriz norte-americana Nakia Secrest! (foto: Divulgação)
A linda atriz norte-americana Nakia Secrest! (foto: Divulgação)

Essa bela atriz norte-americana já participou de alguns filmes (alguns filmes de terror, inclusive) e, de acordo com algumas postagens suas em seu perfil do Instagram, parece que não sofreu nenhum arranhão durante as gravações do vídeo!

Na foto abaixo, a atriz comemora 1 milhão de visualizações do filme produzido para o canal 15 Experience:

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

FUNDAÇÃO DE ATEUS E AGNÓSTICOS DOA US$ 20 MIL AO JORNAL CHARLIE HEBBO

QUINTA-FEIRA, 15 DE JANEIRO DE 2015

Fundação de ateus e agnósticos doa US$ 20 mil ao jornal Charlie Hebdo


http://colunadiamante.blogspot.com.br/2015/01/fundacao-de-ateus-e-agnosticos-doa-us.html


Doação foi em solidariedade a
ateus que estão na trincheira 

A FFRF (Freedom From Religion Foundation), uma entidade norte-americana de ateus e agnósticos, anunciou a doação de US$ 20.000 (cerca de R$ 52.000) ao Charlie Hebdo, numa “demonstração de admiração e solidariedade aos companheiros do outro lado do Atlântico”.

Dois terroristas islâmicos invadiram a redação do jornal parisiense no dia 7 de janeiro, matando 16 pessoas, entre as quais quatro chargistas, para “vingar” Maomé da publicação de sátiras.

No dia 14, após a maior manifestação pró-liberdade de imprensa já realizada em Paris, o jornal publicou nova edição ressaltando que é uma publicação ateia que conseguiu o “milagre” de unir a todos em torno de um valor democrático.

A FFRF informou que a doação do dinheiro e o envio de uma estatueta de um rei nu folheada de ouro correspondem a um prêmio do Fundo de Apoio a Ateus em Trincheira, para apoiar ativistas que se encontram na linha de fogo.

Dan Barker, co-presidente da fundação, comentou: “Nunca imaginamos que destinaríamos o prêmio a ateus literalmente em fogo cruzado”.

A fundação concedeu o prêmio pela primeira vez em 2012, a estudante Jessica Ahlquist, então com 16 anos, que recorreu à Justiça contra a exposição na escola de uma oração.

Barker disse que o atentando foi um crime de ódio contra os chargistas pelo fato de eles simplesmente expressarem a sua irreverência.

Lembrou que a França é a nação de ateus notáveis, como Meslier e Diderot, e é onde também se cultiva o secularismo.


Leia mais em http://www.paulopes.com.br/2015/01/fundacao-de-ateus-faz-doacao-ao-charlie-hebdo.html#ixzz3OwRhR6tO

VAMOS CELEBRAR A ESTUPIDEZ HUMANA

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

VAMOS CELEBRAR A ESTUPIDEZ HUMANA

VAMOS CELEBRAR A ESTUPIDEZ HUMANA

Todo mundo defendendo os muçulmanos contra a Charlie e o jornal, esquecendo do grupo Ísis e do Haram usando o termo que a grande mídia criou, a tal "islamofobia".

Que lindo!
Vamos esquecer os mais de 2 mil assassinados na Nigéria, as mais de 200 meninas sequestradas e vendidas como escravas sexuais.

Vamos esquecer todos os cristãos, ateus, judeus e budistas perseguidos pelos muçulmanos porque um desenho sobre um deus imaginário ou sobre o tal Muhammad, que fora outrora expulso e depois saqueara Meca, é mais importante que milhares de vidas humanas.

Ateu Poeta 
15/01/2015

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

HARAM MATA MAIS DE 2 MIL

HARAM MATA MAIS DE 2 MIL

Conflitos na Nigéria somam mais de 2 mil mortos

(Imagem: Reprodução)
A Nigéria tem enfrentado constantes ataques violentos do Boko Haram. Utilizando granadas e armas de fogo, o grupo destruiu 16 vilarejos na região nordeste do país. O número total das vítimas não foi contabilizado, mas acredita-se que passam de 2 mil mortos.
No dia 3 de janeiro, um exército do Boko Haram invadiu o centro comercial de Baga, onde fizeram uma série de vítimas fatais. A maioria seriam crianças, mulheres e velhos, que teriam mais dificuldade de fugir dos ataques.
Desde esse grande ataque, os conflitos continuam diariamente no país, deixando centenas de vítimas. O objetivo dos radicais seria dominar a região que faz fronteira com os países Chade, Camarões e Níger.
nigeria1
O objetivo do Boko Haram seria dominar a fronteira com o Chade, Camarões e Níger.

Contexto
O Boko Haram é um grupo islamita que usa táticas terroristas para impor a lei sharia na Nigéria. Seus principais alvos são escolas de meninas e vilarejos cristãos. O ataque que causou mais comoção internacional foi o sequestro de mais de 200 meninas em abril do ano passado.
O país é predominantemente islâmico, mas o sul é de maioria cristã. Além disso, o Boko Haram tem uma interpretação bem mais radical da lei sharia, prevendo penas mais duras contra mulheres, como o estupro.
Desde o início dos conflitos, a 5 anos, centenas de milhares de pessoas fugiram da Nigéira e mais de 1 milhão vivem deslocadas dentro do próprio país.
(Informações O Globo e G1)

529.374 PESSOAS ZERAM REDAÇÃO DO ENEM

529 mil alunos ficaram com nota zero na redação do Enem 2014, diz MEC

13/01/2015 15h43 - Atualizado em 13/01/2015 20h58

529 mil alunos ficaram com nota zero na redação do Enem 2014, diz MEC

Índice representa 8,5% dos candidatos participantes. 
Nota de cada um dos 6,1 milhões de estudantes sai ainda nesta terça.

Lucas SalomãoDo G1, em Brasília
O presidente do Inep, Francisco Soares, o ministro da Educação, Cid Gomes, e o secretário do MEC, Luiz Cláudio Costa (Foto: Reprodução/NBR TV)O presidente do Inep, Francisco Soares, o ministro da Educação, Cid Gomes, e o secretário do MEC, Luiz Cláudio Costa em coletiva sobre o Enem (Foto: Reprodução/NBR TV)
O Ministério da Educação divulgou na tarde desta terça-feira (13) o balanço final da edição de 2014 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Segundo a pasta, prestaram o exame 6.193.565 candidatos (71% do total de 8.721.946 inscritos).
Entre os alunos participantes, 529.374 obtiveram nota zero na redação da prova (8,5% dos candidatos). Deste número, foram anuladas 248.471 redações. O MEC informou ainda que 250 candidatos tiveram nota mil na redação – a máxima possível. Além disso, pouco mais de 35 mil alunos obtiveram notas entre 901 e 999.
As notas de cada um dos 6.193.565 participantes do Enem será divulgado na noite desta terça, segundo o ministério. O candidato pode acessar sua nota no site sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem. Basta inserir o número de inscrição do Enem, CPF e senha de acesso. Em caso de dúvidas, o candidato pode ligar para o telefone de auxílio do Enem: 0800 61 61 61.
Queda na média
Ainda segundo o MEC, a média das notas em redação teve uma queda de 9,7% em relação ao Enem de 2013 entre os alunos que estão concluindo o ensino médio. Em matemática, a queda foi de 7,3% em relação ao exame anterior.
Sobre a queda nas médias das notas de matemática e redação em relação ao ano passado, o ministro da Educação, Cid Gomes, afirmou que não considera que seja algo "tão significativo".
"A minha opinião é de que houve uma queda em matemática e redação. Uma queda superior à margem, não diria uma queda significativa, mas uma queda que deve estimular a comunidade acadêmica a analisar as razões para isso. Um ano no Ensino Médio brasileiro não há variações tão significativas" afirmou o ministro.
Segundo Cid Gomes, o tema da redação deste ano (publicidade infantil) não foi tão debatido pela mídia e pela sociedade brasileira quanto o tema de 2013 (lei seca).
"Eu arriscaria uma tese: o tema de 2013 foi a lei seca. Essa questão foi muito debatida, muito discutida. O tema agora, publicidade infantil, não é um tema que houve um processo de discussão tão grande", analisou. Questionado sobre se considera o tema deste ano mais difícil, Gomes respondeu: "Eu não diria difícil, é relativo."
Balanço das redações do Enem (Foto: Reprodução/Inep)Balanço das redações do Enem (Foto: Reprodução/Inep)
Segundo o ministério, os motivos para que as redações fossem anuladas são: fuga ao tema, cópia do texto motivador, texto insuficiente, não atendimento ao tipo textual indicado, partes desconectadas, textos que "ferem" os direitos humanos, e outros motivos não divulgados.
O exame foi realizado nos dias 8 e 9 de novembro de 2014. Cada um dos mais de 6,3 milhões de candidatos poderá ver a nota que tirou nas provas objetivas (ciências humanas, ciências da natureza, linguagens e matemática), além da prova de redação.
Teoria de Resposta ao Ítem aponta quando aluno acerta questão por acaso (Foto: Reprodução/TV Globo)Teoria de Resposta ao Ítem aponta quando aluno
acerta questão por acaso (Foto: Reprodução/
TV Globo)
Metodologia
A nota das provas objetivas usa a metodologia da Teoria da Resposta ao Ítem (TRI). Uma das principais dúvidas sobre a TRI é o fato de que é impossível o aluno tirar nota 1.000 na prova de múltipla escolha (na redação, isso é possível).
Nessa metodologia, mesmo que o aluno acerte todas as 45 questões de cada prova, sua nota nunca será 1.000. Da mesma forma, um candidato que erre todas as questões não acaba com a nota zero (ou, no caso do Enem, a pontuação mínima, que é 200 pontos).
Isso acontece porque o exame dá pontos aos candidatos de acordo com uma escala. Ou seja, a nota do candidato não se trata diretamente do seu desempenho individual, mas de como ele se saiu dentro do conjunto dos demais candidatos. Por exemplo, quanto mais próximo da nota máxima, mais certeza é possível ter de que o estudante domina os conhecimentos exigidos na prova.
Proficiência nas quatro provas objetivas do Enem (Foto: Reprodução/Inep)Proficiência nas quatro provas objetivas do Enem (Foto: Reprodução/Inep)
Nota da redação
O tema da redação do Enem 2014 foi "Publicidade infantil no Brasil". A nota de redação vai de 0 a 1.000 pontos. Um bom texto para ganhar nota 1.000 deve cumprir bem cinco competências exigidas pela redação do Enem. Cada competência tem cinco faixas que vão de 0 a 200 pontos.
Competência 1: Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita.
Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação.
Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
Treine para fazer uma boa redação no Enem (Foto: Reprodução/TV Globo)Tema da redação foi publicidade infantil
(Foto: Reprodução/TV Globo)
Cada redação do Enem foi corrigida por dois corretores de forma independente. A nota total de cada corretor corresponde à soma das notas atribuídas a cada uma das cinco competências.
Se houvesse discrepância entre as notas dos dois corretores por mais de 100 pontos, ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências fosse superior a 80 pontos, a redação iria para um terceiro corretor.
Caso houvesse discrepância entre o terceiro corretor e os outros dois corretores, ou caso houvesse discrepância entre o terceiro corretor e apenas um dos corretores, a nota final seria a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximaram.
Se a nota do terceiro corretor tivesse diferença equidistante das notas dos outros dois corretores, ou se fosse completamente diferente, a redação seria avaliada por uma banca de três avaliadores para escolha da nota definitiva.
Sisu
Com a pontuação em mãos, os candidatos poderão concorrer às 205.514 vagas em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior na primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
A consulta às vagas já está disponível e as inscrições serão abertas no dia 19 no sitesisu.mec.gov.br. O prazo de inscrições vai até às 23h59 do dia 22.
O Sisu seleciona alunos para vagas em instituições públicas de ensino superior a partir da nota do Enem. Para participar desta edição, o candidato tem de ter feito a edição 2014 do exame e não ter zerado na redação. O estudante poderá se inscrever em até duas opções de vaga.
Cotas
A Lei de Cotas (lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012) garante a reserva de 50% das vagas por curso e turno nas 63 universidades federais, nos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e nos 2 centros federais de educação tecnológica a estudantes que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas.
Considerando todas as vagas (inclusive de universidades estaduais), o número destinado para esses alunos chega a 40% do total neste ano.
O resultado da primeira chamada regular será divulgado no dia 26 de janeiro.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MEC revela média de notas dos alunos no Enem 2014


Desempenho de estudantes cai em matemática e redação em comparação com 2013; mais de 529 mil zeraram o texto. Região com melhor desempenho nas provas foi o Sudeste. Notas individuais devem ser liberadas só à noite por conta de problemas no site do Inep



 postado em 13/01/2015 15:24 / atualizado em 13/01/2015 20:11
Em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (13/1), o Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram as médias dos alunos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2014. Na redação, mais de 529 mil zeraram e 250 tiraram nota mil. Na edição de 2013, 481estudantes tiraram nota máxima na redação, enquanto106.742 zeraram o texto. Mais de 6 milhões de candidatos fizeram a prova de 2014.

O ministro da Educação, Cid Gomes, afirmou que o baixo desempenho dos estudantes no texto pode se dever ao tema (publicidade infantil), que teria sido menos debatido que o de 2013 (Lei Seca). "O tema de 2013 foi muito debatido, e em 2014, o tema foi menos popular. Isso, eu creio, deve ter sido um dos fatores importantes na redução da nota", disse.


Carlos Moura/CB/D.A Press
Francisco Soares, presidente do Inep, classificou como significativa a queda de 9,7% na média de redação em comparação com o Enem de 2013. Soares, no entanto, considera equivocado comparar as notas porque os temas são diferentes e as notas da redação não são corrigidas pelo Teoria de Resposta ao Item (TRI), sistema que permite reproduzir níveis de proficiência semelhantes e comparáveis a cada ano. Em matemática, os estudantes também se saíram pior que em 2013, com queda de 7,3% no desempenho. Em ciências humanas, ciências da natureza e linguagens e códigos, as notas tiveram melhora, respectivamente, de 2,3%, 5,4% e 3,9%.

Segundo Soares, o site do Inep está instável e só deve ser estabilizado à noite, quando as notas individuais dos alunos devem ser liberadas. Segundo ele, o portal sofreu ataques de grupos que tentaram derrubar o sistema. O presidente do Inep garante, porém, que isso não impedirá que o resultado saia ainda nesta terça (13), como previsto.

Por dentro das redações
Foram corrigidas 5.934.034 redações. Entre os participantes, 250 obtiveram nota mil. 35.719 alcançaram nota entre 901 e 999. Já 529.374 tiraram nota zero. A maior parte das redações anuladas (217.339) foram desconsideradas por fuga ao tema. Cópia de texto motivador (13.039), texto insuficiente (7.824), não atendimento ao tipo textual (4.444), parte desconectada (3.362), outros motivos (1.508) e ferir direitos humanos (955) foram outras causas para anulação dos textos. Confira as notas:
Nota na redação
Quantidade de alunos
0
529.374
Até 300
654.971
301 - 400
1.105.672
401 - 500
1.162.526
501-600
1.515.007
601-700
707.095
701-800
370.428
801-900
112.522
901-999
35.719
1000
250
Total
6.193.565

Prova objetiva
Ciências humanas foi a matéria em que os mais de 6 milhões de candidatos se saíram melhor, com média de 546,5. Em linguagens e códigos, a média geral foi de 507,9. Em ciências da natureza, a pontuação média dos candidatos foi de 482,2 e, em matemática, foi de 473,5.
Confira tabela com notas médias:
Área do conhecimento
Desempenho mínimo
Desempenho máximo
Média
Ciências humanas e suas tecnologias
324,8
862,1
546,5
Ciências da natureza e suas tecnologias
330,6
876,4
482,2
Linguagens e códigos e suas tecnologias
306,2
814,2
507,9
Matemática e suas tecnologias
318,5
973,6
473,5

Certificação de ensino médio
Entre os 631.071 candidatos que fizeram o Enem como forma de certificação do ensino médio, apenas 67.254 atingiram os requisitos necessários, ou seja, alcançaram 450 pontos em cada uma das quatro áreas do conhecimento e tiraram mais de 500 pontos na redação.

Desempenho
O Sudeste é a região em que os estudantes obtiveram notas mais altas. Os concluintes da rede federal de educação tiveram desempenho mais alto em comparação com escolas municipais, estaduais e privadas. Veja na tabela:

Região
Participantes
Ciências humanas
Ciências da natureza
Linguagens e códigos
Matemática
Redação
Centro-Oeste
8,4%
542,6
480,7
503,3
467,3
437,6
Nordeste
33,7%
533,9
471
495,9
456,1
434,9
Norte
10,9%
529,9
464,8
487,1
442,7
417,5
Sudeste
34,9%
561,2
495,8
523,7
496,5
486,9
Sul
11,9%
557,7
491,2
517,8
487,8
468,9
Média Brasil
100%
546,5
482,2
507,9
473,5
455,4


Confira o desempenho por dependência administrativa das escolas brasileiras no Enem:

Rede
Ciências humanas
Ciências da natureza
Linguagens e códigos
Matemática
Redação
Federal
610,2
557,5
563,2
589,6
618,7
Estadual
528,2
466,6
494,7
451,5
434,7
Municipal
542,7
479,4
506,7
472,4
458,2
Privada
583,3
531,9
544,5
544,1
570,8


Prova on-line
O ministro da Educação, Cid Gomes, defendeu a realização do Enem virtual. "O Enem on-line é uma necessidade para dar mais comodidade e conforto aos milhões de brasileiros que têm de prestar esse exame. Hoje nós temos tecnologias que permitem isso, então não faz sentido montar uma operação de guerra, ficar sujeito a sabotagem e fraudes para fazer uma prova no mesmo horário em todo o Brasil". O ministro defendeu a construção de terminais seguros em que, mediante agendamento, os candidatos possam realizar o exame em qualquer momento do ano.

Fonte:http://g1.globo.com/educacao/noticia/2015/01/529-mil-alunos-obtiveram-nota-zero-na-redacao-do-enem-2014-diz-mec.html



http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/eu-estudante/especial_enem/2015/01/13/especial-enem-interna,466144/inep-revela-media-de-notas-dos-alunos-no-enem-2014.shtml