Coluna Diamante

Extensão do Jornal Delfos-CE: http://jornaldelfos.blogspot.com.br/
O nome Diamante é por conta do primeiro livro impresso no mundo, o Diamante-Sutra, sem o qual não existiria a impressão como a conhecemos hoje em dia.

domingo, 4 de dezembro de 2011

DESMENTINDO A DIVINA PROPORÇÃO


A proporção áurea prova mais uma vez que não existe Deus, pelo simples fato de Deus ser perfeito e a perfeição não existir.

A repetição foi aceita como perfeição, porém o que é perfeito é único, não faz cópias de si. O que é perfeito é inteiro e para replicar-se é preciso quebrar-se.

Se Deus houvesse existido ao criar o big-bang do Universo teria se matado por que não haveria outra matéria-prima, logo, impossível haver, Céu, Inferno e Purgatório. E, portanto, também, jamais saberíamos de sua existência uma vez que ele está em todo lugar.

Por que só é possível estar em tudo sendo o próprio tudo. E o tudo é imperfeito por que há no tudo o nada. E se há nada no tudo, é por isso que a matéria se move. Por que o nada não é ausência do tudo, mas sua falha.

A repetição da proporção áurea prova não a perfeição, mas sim a imperfeição, uma vez que um número racional é um algarismo quebrado, portanto, imperfeito em si. Se essa imperfeição se repete é sinal claro de que o universo em si é completamente imperfeito, logo, não poderia sair de uma coisa perfeita.

Se os seres vivos fossem perfeitos não morreriam, mas se fossem realmente perfeitos, na verdade, nem vida teriam por que quando você come, bebe, faz sexo, briga, tem medo, se irrita ou qualquer outra coisa, o faz em função de uma necessidade, sem se dar conta que a necessidade em si é a grande imperfeição que nos move e sempre sofremos os efeitos estressantes quando não as suprimos. Os desejos, todos eles, são filhos das necessidades, delas que vêem os vícios, virtudes e a procura pelo prazer, sobrevivência e proliferação da espécie.

ATEU POETA

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

É PROIBIDO FUMAR


Aprovada LEI FEDERAL ANTIFUMO que proíbe completamente o ato de fumar em locais fechados, sendo públicos ou privados.

Ano que vem o preço do cigarro terá um acréscimo de 20% e possivelmente de 55% em 2015. O IPI (Imposto Sobre produtos Industrializados) do cigarro ficará em 300%.

Assinei o abaixo-assinado para essa lei passar, assim como muitos brasileiros conscientes. Fico feliz com a aprovação dessa lei e mais ainda por que pude contribuir com a minha gota d'água para apagar esse mal chamado cigarro.

ATEU POETA

Leia mais: 

domingo, 27 de novembro de 2011

RECHAÇADO PELA VIDA



Trilhou, sozinho, um caminho por ele mesmo traçado
Valendo-se, apenas, da crença em si mesmo
Vagando por entre o imenso e silencioso vazio existencial
Mergulhado num eu quase invisível
Preso a restos do que poderia ter sido
A segurar um fiapo de esperança no que ocultamente é
Pretencioso calado
Discreta arrogância
Errante, como a vida quis
Pela própria vida, rechaçado
Posto no covil, sem dó
Arrancaram-lhe a razão
Recorreu ao silêncio,
Sem argumentação
Esperou com bravura,
Uma suposta recompensa
Sem desespero
Nem loucura
Sem morte prematura

Arlindo Cirino

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

POLÍCIA FEDERAL FAZ BUSCAS ANTI-DROGAS EM 11 ESTADOS


Os Estados são:  Goiás, Tocantins, Pará, Minas Gerais, São Paulo, Bahia, Maranhão, Alagoas, Rio Grande do Norte, Piauí e Mato Grosso.

 Nos últimos 10 meses a Operação Mahyah foram presas 18 pessoas e apreendidos veículos, 230quilos de pasta base de cocaína e  40 mil Reais.

ATEU POETA


Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/opera%C3%A7%C3%A3o-pf-tr%C3%A1fico-faz-buscas-11-estados-110900220.html

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

JORNALISTA ASSASSINADA NO ESPÍRITO SANTO


A jornalista Marisa Curtolo Cavalcanti foi atingida com um tiro na barriga e o ex-namorado dela, Gustavo Luiz Sodré Machado, foi atingido no pescoço. 

Ambos morreram no pátio de um posto de combustível na cidade de Vila Velha, no Espírito Santo, no dia 19 de novembro de 2011.

ATEU POETA

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

ESTUDANTE DE JORNALISMO ASSASSINADO COM 4 TIROS NA REPÚBLICA DOMINICANA


O estudante de jornalismo Emmanuel Cabrera Duverge, de 26 anos, foi assassinado com quatro tiros por dois assaltantes na manhã do dia 9 de novembro

ATEU POETA

domingo, 13 de novembro de 2011

REMANSO


"Pequena e acanhada
Arrancada do seu berço
Jogada ao relento
À esquerda do velho pai
Pai violentado
Tão festiva quanto decadente
Orgulhosa da própria estupidez
Recorda-me Gregório de Matos – “Triste Bahia!”.
Bahia do lado de cá
Estagnada como o próprio nome sugere,
Culturalmente estagnada
De um sol intenso e de uma fisionomia imutável
Pouco ousada é sua gente
Catolicamente hipócrita
Hipocritamente católica
De uma classe média de novos-ricos, e politicagem oportunista.
Deste filho bastardo receba tão árdua contemplação"


Arlindo Cirino

sábado, 12 de novembro de 2011

FALHA-BUSCA



Tudo é um jogo de alívios e tensões.

A vida é a maior loucura do universo.

Imagine um átomo ciente de si mesmo: Ele existe em nós e isso não faz nenhum sentido.

O universo é o produto da tensão em busca do alívio.

Mas o que seria o alívio? Eu não sei. Isso é tenso. Saber o que é a tensão aliviaria? Talvez.

Há partículas que se procuram enquanto outras não se toleram. Por que isso se dá?

Talvez a tensão seja a própria imperfeição e o alívio a quase-perfeição que a imperfeição atinge.

Num suposto princípio cada molécula era separada no vazio escuro e sombrio, esse era talvez a quase-perfeição máxima, por que se fosse perfeita a matéria jamais se juntaria, por que se há uma busca e uma repulsa é sinal de que algo se completa por ser imperfeito e algo não se mistura por buscar a perfeição numa molécula diferente.

Qual será o limite para a quebra molecular? Chegará a matéria à beira do quase-imaterial? Por que existe limite? Por que existe matéria? Por que a questão? Será o questionamento a minha própria falha-busca pela perfeição em formato de resposta que sanará todas as dúvidas?

Se minhas dúvidas acabarem eu ainda não serei perfeito, pois ainda sou matéria, não posso deixar de ser, por mais que só me fique o pouco de essência que será depois a essência de outro ser enquanto a vida existir a partir dos mesmos elementos que me fazem vivo e se deles ainda se alimentar.

ATEU POETA
12/11/2011
Pacoti.
6h e 31mim

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

ATENTADO AO JORNAL "EL BUEN TONO" NO MÉXICO


Mais um ataque a jornalistas no México, dessa vez o alvo foi o jornal "EL Buen Tono"na cidade de Córdoba, Veracruz, na costa oriental do México. O prédio foi incendiado por 15 homens armados. Havia 20 funcionários dentro do prédio no momento da ação.

O México é o país mais perigoso para os jornalistas nas Américas e um dos mais perigosos do mundo.

Na América Latina em particular vem acontecendo uma onda de assassinatos a esses profissionais  incluindo o Brasil.

Isso é uma vergonha para o mundo! Crimes contra a humanidade que merecem o repúdio de todos.

ATEU POETA
Fonte: 


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O PRIMATA


Somos seres simbióticos interdependentes, logo, a liberdade é em si mais uma sensação do que um fato. Todavia, é uma sensação que deve ser buscada. Primeiro, por que está em nosso instinto de sobrevivência tentar superar o meio para assumir controle sobre o mesmo.

Segundo, por que se você não se sente livre não saberá ser feliz, mesmo que de fato esteja aprisionado, mas pelo menos se o seu pensamento não estiver restringido por censura, você se sentirá menos brinquedo e mais humano.

A maioria se sente livre na segurança, mesmo que pra isso seja preciso abrigar-se no terror de um ser superior que tanto lhe fornecerá amor em troca de subserviência. Mas, na verdade nunca houve troca por que o amor não se dá, se tem por alguém ou algo, é um sentimento pessoal que não pode ser coletivizado, contudo, a cultura de massa inter-social insiste em pregá-lo nas mentes mais desavisadas como o único fim e meio da vida através de uma idéia subserviente de liberdade que de fato nunca houve.

Esse primata primo do macaco tem uma mente tão potente, entretanto, essa potência é empregada erroneamente na intransigência em vez de reflexão. O primata não entendeu que servidão não é liberdade, não é a verdade, e mesmo que fosse, seria uma verdade da qual o homem livre fugiria para ser feliz.

Não estamos prontos para o confronto de culturas, embora ele se dê em escala cada vez mais elevada e num grau de inevitabilidade surpreendente. Não buscamos nossa semelhança no sujeito ao lado, pelo contrário, focamos de forma intensa nas diferenças de modo a formar intensa certeza de que os nossos hábitos estão corretos e criamos uma demonização do outro como se nós mesmos não fôssemos os outros do próximo.

Idéias que há milênios dizem aproximar, só aproximam uma tribo para a guerra, um país para a dominação geral, destruição suprema da espécie. Que importa dominar o mundo? Por que não o deixa viver? Por que você quer dominar o pensamento do outro, intervir até mesmo na sua falta de fé? Isso é o maior dos egoísmos imperdoáveis que como Deuses Si Mesmo que não aprendemos a Nos sentir, mas que de fato somos, não podemos esquecer.

ATEU POETA

quinta-feira, 27 de outubro de 2011




"Da aridez hostil brotou o cacto
Do cacto hostil brotaram poucas flores
Enfim, fez-se o homem forte.
Forte e curvado
Forte e arrebatado

Mira o futuro,
Mas o futuro se dispersa
Extrai de si mesmo a força que necessita
O pouco lhe basta
O excesso lhe sufoca

De aspecto agressivo
De conteúdo abundante
Criou-se da escassez,
Mas a ela não se conteve
Reciclou o sabugo
“Viajou na maionese”
Rompeu com o sagrado
Libertino libertado

Agridoce na essência
Move-lhe o tesão pelo desafio,
Pelo bizarro,
Pelo belo,
Pelo proibido
Do piegas nasceu o lascivo
Lapidou por si só o que tinha de tosco
Manteve tosco o que tinha de ser

Provinciano atrevido
Provinciano e decadente
Olhou para fora
Quis saber mais
Digeriu o proveitoso
Cuspiu as sobras
Vomitou o que havia sido imposto
Odiou a indiferença,
A hipocrisia repugnante

Sóbrio
Embriagado
Um pouco de Deus
Um tanto de Diabo
Tens o amor
Ama todas as cores,
Todas as formas – cada uma é especial,
Causam diferentes prazeres

Ardeu no ermo
Renasceu
Para si
Para o mundo
Respirou da secura do pó,
E do pó se fertilizou
Deu vida
Espantou a morte"

Arlindo Cirino


terça-feira, 25 de outubro de 2011

CULTIVO DE ATOS



CULTIVO DE ATOS

Cultive a ignorância e serás feliz. No entanto, terás que viver para sempre na selva.

Cultive o conhecimento e serás feliz em qualquer lugar que você estiver.

Cultive a ilusão e terás muitos ao seu lado. Mas, como ser feliz sem estar em paz? Para viver em paz deve se amar o próximo tanto quanto a ti mesmo; quem ama não ilude.

Cultive o realismo e estarás sempre sóbrio para compreender as razões que o levaram e o levarão às conseqüências.

Ao cultivar o ódio terás inimigos.

Cultive a compreensão e não terás motivos para odiar.

Ao cultivar a inveja nunca terás nada o suficiente, mesmo tendo mais que o necessário.

Cultive a humildade e terás sempre mais que o necessário, mesmo que não tenhas nada.

Ao cultivar as perdas se sentirás sempre doente.

Cultive o que a ti restou e terás oportunidades para te fortalecer, assim poderás conquistar mais do que já lhe pertenceu; deseje o que ainda pode ser conquistado e não o que já não mais existe.

Cultive a vida em plenitude de benevolências e terás a abundância em todos os sentidos.

Marcelo Nazar - do livro, A filosofia de uma estátua "Poemas a liberdade"

VIDA



VIDA

Na vida não existe destruição, existem transformações.

Não existe fim, não existe meio, existiu apenas o início.

A vida é um ato em eterna execução.

Vida não é feita de um único ser, mas de todos os seres pensantes, ou não.

Seja pelo bem ou pelo mau, a vida é feita da união de forças.

Poucos entendem a vida, muitos a questionam e tentam explicá-la.

Todos a defendem, porque têm medo de perdê-la.

Vida não tem regras, tem decisões.

Vida não tem obstáculos, tem desafios.

Vida não tem cheiro, não tem cor, nem sabor, mas quem vive pode sentir tudo isso.

Vida é um ciclo infinito de acontecimentos, e todas as coisas que passam por suas transformações deixarão para sempre seus rastos, seus feitos.

Vida é o ciclo da energia.

A vida é eterna.

Marcelo Nazar - do livro, A filosofia de uma estátua "Poemas à liberdade"

sábado, 16 de abril de 2011

Os ateus são mais inteligentes

O pesquisador britânico Richard Lynn dedicou mais de meio século à análise da inteligência humana. Nesse tempo, publicou quatro best-sellers e se tornou um dos maiores especialistas no assunto. Nos últimos 20 anos, passou a investigar as relações entre raça, religião e inteligência. Ao publicar um trabalho na revista científica Nature, que sugeria que os homens são mais inteligentes, um grupo feminista o recepcionou em casa com o que ele chamou de salva de ovos. O mesmo aconteceu quando disse que os orientais são os mais inteligentes do planeta. “Faz parte do ofício de um cientista revelar o que as pessoas não estão prontas para receber”, diz. Ao analisar mais de 500 estudos, Lynn disse estar convencido da relação entre Q.I. alto e ateísmo. “Em cerca de 60% dos 137 países avaliados, os mais crentes são os de Q.I. menor”, disse. Seu trabalho será publicado em outubro na revista científica Intelligence.

ÉPOCA — Por que o senhor diz que pessoas inteligentes não acreditam em Deus?

Richard Lynn — Os mais inteligentes são mais propensos a questionar dogmas religiosos. Em geral, o nível de educação também é maior entre as pessoas de Q.I. maior (um Q.I. médio varia de 91 a 110). Se a pessoa é mais educada, ela tem acesso a teorias alternativas de criação do mundo. Por isso, entendo que um Q.I. alto levará à falta de religiosidade. O estudo que será publicado reuniu dados de diversas pesquisas científicas. E posso afirmar que é o mais completo sobre o assunto.

fonte:ateus.net